Saboreie a biodiversidade no seu prato

Para reagir ao desenvolvimento das cadeias de fast food e da má e insustentável alimentação, a associação Slow Food provou que desenvolver o gosto e a curiosidade dos consumidores em matéria de alimentação leva-os, nomeadamente, a proteger a biodiversidade.


Como? 

Experimente comer um creme de cherivia, finas rodelas de tupinambos ou caviar de caracol! De facto, ao faze-lo, contribui para a protecção de variedades esquecidas (como estes tubérculos) e de espécies ameaçadas (como o esturjão). Para mais informações sobre a ecogastronomia, pode consultar o website da Fundação Slow Food: www.slowfood.com